• Roberta Züge

Inseminação sem necessidade de palpação retal: é a tecnologia cada dia mais presente na propriedade

Foi lançado na França o Eye Breed um equipamentos de inseminação, que vem com uma câmera conectada a um Smartphone. Comercializado pela Axce, o sistema foi especialmente projetado para não haver a necessidade de palpação retal para inseminação.



O colo do útero, por onde deve entrar a pipeta, é identificado graças à câm

era posicionada ponta do equipamento de inseminação. Esta câmera envia a imagem para o Smartphone do usuário. A originalidade do sistema é que, uma vez avistado, o colo do útero é imobilizado por sucção, a fim de estabelecer contato permanente a ponta do equipamento de inseminação, o que seria a pipeta do sistema convencional. O operador pode então alinhar os anéis do colo do útero com os movimentos feitos usando a alça do dispositivo. Esta etapa é necessária, independentemente do sistema de IA, para depositar o sêmen no corpo uterino.


Após quatro horas de treinamento (descongelar as palhetas, preparar e usar o equipamento, etc.), mais de 90% do colo do útero pode ser atravessado sem um exame retal por parte dos operadores, alcançando taxas de gestação idênticas às aqueles em inseminação clássica, conforme descrição da empresa.


O custo está estimado em 2.500 a 3.000 €, com o pacote do uso do aplicativo. As condições de pagamento devem ser especificadas. O custo médio dos consumíveis (copos, bainhas e camisas sanitárias) será de cerca de 5 euros por vaca por ano.



#inseminação #gadodeleite #pecuária #pecuáriadeleite #tecnologia #produçãodeleite #reprodução

0 visualização